Continuação 10 dicas para montar (turbinar) seu site

Eu já havia apresentado em um artigo anterior em dicas para turbinar o seu site na internet 10 dicas para melhorar o seu site na criação. Nesse novo artigo estou dando continuação com mais 10 dicas para montar (turbinar) seu site.

Criação de Sites - Dicas para Turbinar sites

1>>>DISPONIBILIZE UM JOGO NO SITE
Um jogo no site pode ser um extra interessante para atingir seu público-alvo. A fabricante de preservativos Blowtex disponibiliza quatro jogos no seu site. “Essa ferramenta traz muitos acessos ao site, mas precisa ser renovada com frequência”, diz Marco Martinez, diretor de marketing da empresa. Segundo Juliana Constantino, diretora da Agência Click, jogos online são fáceis de desenvolver e atraem os internautas

2>>>INSIRA “DÚVIDAS FREQUENTES”
Existem muitas etapas no processo de venda dos seus serviços ou produtos? Crie uma seção de “dúvidas frequentes” para o seu site. Regina Rezende, da representante de consórcios Rezende Santos, afirma que essa é uma parte muito acessada do seu site. “Os usuários normalmente não gostam de ler grandes textos. Essa seção facilita o acesso a informações de maneira rápida”, diz. Segundo Regina, o recurso facilita o contato futuro, já que o usuário se certifica de que a empresa oferece exatamente o que ele procura

3>>> NÃO USE CONTADOR
Ninguém precisa saber que mil, duas mil, três mil ou milhões de pessoas acessaram o seu site. “Se o endereço não for muito procurado, a divulgação pode ser muito ruim para a imagem da empresa”, diz Barbará Filho, da WT11. Segundo ele, com ferramentas como o Google Analytics, hoje é possível analisar com mais afinco o perfil dos consumidores – uma informação, aliás, que só interessa às empresas

4>>>OFEREÇA VERSÕES EM OUTROS IDIOMAS
Se a sua empresa busca clientes ou fornecedores estrangeiros, é fundamental ter um site com uma ou mais opções de idiomas. Marco Martinez, da Blowtex, diz que a empresa tem um site em inglês voltado aos clientes externos. Leandro Pereira da Silva, diretor da Visto Brasil, empresa de legalização de estrangeiros no país, conta que, apesar de normalmente tratar com o RH das empresas, a versão extra do site ajuda a esclarecer os processos para os executivos de outros países, o que dá mais transparência e credibilidade

5>>>RESPONDA SEMPRE
Pode ser e-mail, carta, telefone, blog, perfil em comunidade social. O importante mesmo é ter um canal aberto de comunicação com os clientes. Um e-mail com dúvidas ou sugestões deve ser prontamente respondido. Caso contrário, corre-se o risco de perder um futuro negócio. “Todo feedback é muito bem-vindo e visto com bons olhos pelos consumidores”, diz Pablo Caldas, da agência Full Haus

Se você optou por uma área para comentários no site da sua empresa, saiba que opiniões de todos os tipos podem aparecer. É importante deixar um canal aberto com os consumidores, mas toda atenção é necessária com o conteúdo das mensagens. “Vale a pena barrar comentários com palavras de baixo calão, palavrões e conteúdo duvidoso”, diz Alexandre Nucci Soncini, diretor da agência especializada WX7. Mas não se deve censurar mensagens críticas. “Nenhuma empresa agrada a 100% das pessoas. Se houver somente mensagens positivas, o site perde a credibilidade”.

6>>>MODERE OS COMENTÁRIOS

7>>>FOQUE NOS CLIENTES
O escritório de arquitetura e gerenciamento de obras Kemp tem clientes espalhados por diversas cidades do Brasil. Por isso, a empresa desenvolveu uma área específica para que eles possam acompanhar, diariamente, o andamento das obras. Além disso, um e-mail é enviado ao cliente avisando que há novas informações no site da empresa. “Antes, eu precisava ligar para avisar que havia enviado um e-mail, mas as fotos eram pesadas e várias informações ficavam de fora”, diz Rogério Moraes, sócio do escritório

8>>>RESERVE UMA ÁREA PARA FUNCIONÁRIOS
Para controlar os funcionários espalhados pelo Brasil, o escritório de arquitetura e gerenciamento de obras Kemp optou por criar uma espécie de ponto eletrônico. Em uma área do site destinada aos funcionários, Rogério Moraes, sócio do Kemp, controla a entrada e saída de cada um, assim como as atividades executadas durante o dia. “Consigo identificar o IP da máquina em que ele bateu o ponto. Não tem como fazer isso de casa”, diz Moraes. O executivo ainda recebe um relatório especificando onde cada funcionário trabalhou durante o mês. “Acompanho quanto cada funcionário trabalhou por obra”, afirma

9>>>ESTREITE O RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES
Se a sua empresa trabalha com fornecedores de vários estados do Brasil, uma área para relacionamento com eles pode ser uma boa alternativa. Se a empresa não tiver como manter um contato físico com os fornecedores, é necessário organizar, pelo site, compras e pedidos, afirma Darcy Barbará, da WT11

10>>>FIRME PARCERIAS
A Livraria Phylos tem fechado parcerias com empresas para ampliar o mix de produtos do site e capitalizar com anúncios. A primeira foi com a Naturalli Dacor, de artigos de decoração, mas Mauro Pereira da Silva, proprietário do site, afirma que está em negociação com outras sete empresas. “Cobramos 5% de comissão pelos produtos vendidos no nosso site”, explica. Além de parcerias de vendas, o executivo também firmou um acordo com a WT11, agência desenvolvedora de sites, para disponibilizar um banner na Phylos. O site da livraria atua como revendedor da agência, ficando com 20% dos R$ 6 mil cobrados por uma loja eletrônica a cada cliente que descobre a WT11 pelo site.

fonte:PEGN

Posts Relacionados

Deixe um Comentario